02/11/2014

Epílogo

divulgando: Profundamente Sua! ó só o nome, 
vale a pena conferir sem sombra de duvidas! :)

E eu gosto quando você me liga, eu sempre vou te achar
Quando você precisar de mim eu irei até você
10h00 da manhã

          Depois de muito recusar os pedidos para entrevista, Joseph finalmente resolveu quebrar o silêncio, porém exigiu que sua identidade não viesse a publico. Ele queria poder viver em paz, trabalhando e curtindo a família, que acabara de ganhar um novo membro. Era tudo ao vivo e ele estava de costas para a entrevistadora... tudo nos conformes. Ele se sentia nervoso e as mão suavam, será que ele estava realmente fazendo a coisa certa? O celular vibrou em seu bolso, era uma mensagem de Demi. "Estamos todos aqui torcendo por você, meu amor. " escreveu ela "Amo você <3" por ultimo, fez Joe sorrir e se sentir um pouco mais seguro.

          Alguns segundos depois a entrevistadora o saudou e começou a lhe fazer perguntas. — Como ficou cego?
— Eu sofri um acidente de carro e bati com a cabeça o que ocasionou um trauma ocular.
— Se lembra da ultima coisa que viu?
— O volante do carro.
— Como foi acordar e saber que não poderia mais enxergar?
— Eu fiquei completamente arrasado e pensei: minha vida acabou! Quiz morrer com isso.

— Como lidou com isso?
— Tive um acompanhamento psicológico que com certeza foi fundamental para minha superação, eu não lidava muito bem com nada! Minha família também me ajudou muito e eu serei eternamente grato a eles por tudo. Não foi fácil me aguentar, eu sei que não foi!
— Qual foi a maior surpresa?
— Encontrar o amor. — Do outro lado da telinha Demi jogou a cabeça para trás no sofá e sorriu largamente, enquanto os familiares faziam comentários e coros de "ownt". — Realmente não esperava e foi a melhor coisa que me aconteceu.


**

          — Bom dia.
— Como meu dia pode ser bom vendo você assim, Joseph?
— Agora vai...
— Nem pense em dizer que eu não me importo, pois eu me importo muito. — Um breve minuto de silêncio. — O que aconteceu?

**

— Ela se importou comigo de um modo diferente, entende? Eu era um completo estranho, mas ela me tratou como se eu fosse seu melhor amigo.

**

          — O que falou de mim para ele?
— Coisas realmente muito boas, você é uma mulher incrível. — Ele sorriu para Demi. Ela não soube o que dizer e apenas o abraçou, Joseph ficou surpreso com a atitude dela, mas retribuiu igualmente o carinho.

**

— Isso é realmente incrível. — A entrevistadora sorriu maravilhada com ele. — Você encontrou dificuldades no relacionamento?
— Sim e infelizmente era eu mesmo. — Suspirou. — Não estava seguro comigo mesmo e automaticamente tudo era motivo de repensar, sabe? Por um breve momento eu cheguei a pensar que deixa-la seria o melhor a ser feito... eu me via como uma pedra no caminho dela.


**

          Joseph abriu imediatamente os olhos e suspirou, não... ele não estava dormindo. Na verdade estava pensando, pensando no que deveria fazer. Demi realmente merecia um homem como ele? NÃO! — Bem lá no fundo de sua mente um grito.
— Quem estou tentando enganar? Ela merece coisa melhor. — Sussurrou para si mesmo.

**

— Mas ela não desistiu de mim e é algo que eu me perguntei durante muito tempo. Eu simplesmente tinha minha crises existenciais e ficava depressivo...
— Mas por algum motivo... — Completou a entrevistadora. — Ela não desistiu e qual motivo seria esse? — Ele riu.
— Quando ela disse que me amava... eu fui do céu ao inferno!

**

          — Sei que você gosta de mim e eu gosto muito, muito mesmo de você. — Joe estendeu a mão dele sobre a mesa e Demi segurou. — Mas, eu preciso saber de uma coisa.
— O que quiser.
— Você tem vergonha de mim?
— Claro que não, Joseph. — Ela tremeu. Céus, ele era tudo! — Pensou ela, nervosa. — Pode me chamar de louca, mas... Eu te amo.

**

          A essa altura do campeonato Demi estava se desfazendo em lagrimas, Edward a abraçou de lado e sorriu para ela. Os olhos de Sarah brilhavam ouvindo-o falar, ela realmente estava gostando de saber detalhes da vida deles... detalhes que escaparam aos seus olhos.
— Ela me impulsionou a fazer coisas que eu me julgava incapaz de fazer... minha vida se tornou uma verdadeira aventura!

**

          — Achei que estivesse no comando.  Ela sussurrou ao pé de seu ouvido num tom malicioso, céus!
 Me faça gozar!  Ele bateu em sua bunda fazendo Demi gemer, seu tom foi uma suplica e não sua ordem. Demi não cumpriu a vontade dele de imediato, ela reduziu o ritmo rebolando sobre ele... era uma sensação de prazer muito boa e ele não podia negar que estava gostando.
 Demetria!  Gemeu rouco fazendo-a sorrir, ela apoiou suas mãos nos ombros dele e partiu para o ritmo rápido. As pernas dela tremiam, mas ela não deixou-se abater.

**

— É uma linda história de amor, senhor. — A mulher sorriu. — Mas, agora chegou o grande momento... a pergunta que não quer calar. Qual o motivo de sua ida para Whashington em busca da cura?
— Eu sentia falta de ver o mundo, ver minha família e então resolvi arriscar tudo... eles valem qualquer sacrifício.
— O que eles te disseram?
— Que havia uma grande probabilidade daquilo não funcionar e que eu não deveria criar grandes expectativas. — Joe deu de ombros.
— Qual foi a sensação de ver novamente?
— Eu fiquei muito emocionado e não consegui me conter, sabe? Também custei a acreditar e por um breve momento pensei que aquilo tudo não passava de um sonho.

— É realmente incrível. — A mulher secou algumas lágrimas. — Como é sua vida hoje?
Minha vida hoje é incrível, algumas pessoas acham que eu exagero... mas eu aprendi a ser grato por tudo aquilo que tenho, inclusive por minha visão.

Casa Jemi, 02h00 da tarde

          Assim que Joseph abriu a porta, Sarah correu e pulou em seu colo. — Isso é o que eu chamo de recepção calorosa. — Riu e beijou a bochecha da filha.
— Você arrasou, papai!
— Obrigado, minha princesa. — Ele fechou a porta e caminhou até a sala onde sua família estava lá jogando conversa fora. — Hey! Ele os saldou e conversou brevemente com eles, porém sentiu falta de sua esposa. — Onde está sua mãe, Sarah? — Ele perguntou para a garotinha que agora estava sentada ao lado de Ed.
— Não sei, você sabe? — Edward riu.
— Ele foi ver Ryan no andar de cima.
— Valeu! — Ele fez um sinal positivo com a mão e sorriu.

          Joseph subiu as escadas e caminhou até o quarto de hospedes onde o eles acolheram o bebê. A mãe biológica o abandonara próximo ao hospital, quem o achou foi Matt... Demi estava com um de seus pacientes caminhando pelo corredor do hospital quando ele entrou gritando por ajuda, por muito pouco o bebê não morreu! Demetria ficou preocupada e ficou lá aguardando noticias, convidada por Matt para ver o garotinho de perto... seu coração derreteu e ela se apaixonou pelo pequeno. Quando contou sobre ele para Joseph... ele logo abriu um sorriso e sugeriu a adoção. — Então, ai esta você. — Ele encostou na porta e sorriu para ela.
— Finalmente você chegou! — Ela caminhou até ele com o pequeno nos braços. — Ele acabou de acordar. — Joe lhe deu um selinho e sorriu.

— O que achou da entrevista? Fui bem? — Disparou as perguntas.
— Você me emocionou muito, querido.
— Apenas disse a verdade, eu poderia falar sobre você durantes horas, sabia? Senti que aquela mulher estava quase me mandando calar a boca. — Eles riram. — Eu me lembrei de cada momento e agora tudo me parece claro, como se eu pudesse ver você, sabe?
— Não me faça chorar de novo, tenho de parecer inteira lá em baixo. — Joe assentiu e tomou Ryan dos braços dela sorridente.
— Eu te amo, não tive oportunidade de dizer isso numa rede de televisão... mas estou dizendo agora e vou dizer para sempre.

Quando você precisar de mim eu irei até você
E quando se sentir solitário, vou encontrar uma maneira de
Guiá-lo de sua casa até mim, eu irei até você
Vou prender o seu amor, prender seu amor em mim
--

não vou dar minha opinião sobre esse epílogo, pq nunca fui boa com epílogos...
eu ainda não aceitei o fim dessa fanfic, o.k? sei que acabei sem avisar nada, mas EU NÃO ACEITEI!
 oi, oi gente. tudo bem? eu estou bem, mas um pouco triste pq não consegui fazer um flash back do hot deles depois que o joe voltou a ver e me pediram, mas... enfim, me desculpem. desculpem tbm a demora, minha semana foi bem corrida e o bloquei não ajudou! estou fazendo o trailer da próxima fanfic e tenho certeza de que vocês vão amar... acho que vou posta-lo amanhã *O*  não sei se respondi os comentários e agora estou sem tempo, mas prometo responder todo mundo depois, blz? BEIJOS, AMO VOCÊS 



p.s: ansiosos para "Nervous Girls"? O/  choro oceanos ouvindo essa música!

15 comentários:

  1. Meu DEUS que Epilogo foi esse ficou Incrivel . Ainda nao acredito que a fic acabou :( Ansiosa para a proxima..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado do prólogo, nem eu aceitei...
      tô chorosa não me toquem kkkk
      a próxima promete fortes emoções e muitas risadas! :)

      Excluir
  2. Que fic incrível, nunca vou superar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. own, obrigado :')
      tbm nunca vou superar O/ #BOLADA'

      Excluir
  3. Ficou tudo lindo
    Ansiosa para nova fic ❤️
    Posta logooo
    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. NINGUEM SAI
    SOCORRO
    Eu me recuso a acreditar que essa fic acabou :(
    OMG :')
    Eu amei cada capitulo e esse final com esse baby novinho ai ainnn meu fragil corassaum não aguenta :')
    Enfim ansiosa pra proxima fic e quero baby nela tbm ou uma criança bem tagarela kk'
    Posta logooo
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. prevejo protestos, vou até me esconder aqui kkkkk
      eu ainda não estou aguentando, não aceitei nadinha, o.k?
      mas fiz isso justamente pra superar essa minha mania de ficar apegada e tbm foi pro bem de todo mundo, assim o sofrimento vai rápido e passa ;)
      não sei se vai ter baby, pois vai ter uma adolescente e tals, mas vai ser muito boa.

      Excluir
  5. Ainda nao me conformo tambem que a fic acabou! :((( melhor historia ever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado, tbm acho que foi a melhor...
      sinto em admitir, mas... superou MTJ OoO

      Excluir
  6. Estou tão chorosa 😭 vc não faz idéia do quanto vou sentir falta da fic
    Por mais q seja uma fic ela e uma história tão ... Pura?! Sim, pura. Ela ensina que não precisamos ser perfeitos para achar o amor da nossa vida . Não e preciso ver para sentir o amor . Realmente , e uma das melhores fics q já li se não a melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ansiosa para a próxima fic
      Posta logo

      Excluir
    2. obrigado pelo carinho, amor'
      eu tbm tô chorosa...
      vou sentir muita falta'
      escrevi com meus 12 ou 13 anos de idade e...
      eu realmente me orgulho muito dessa fanfic <3
      pode deixar que eu posto sim O/

      Excluir