09/10/2017

Projeto Ficstape | Everytime You Lie

Conto inspirado na música "Everytime You Lie" da Demi Lovato.
Nessa oneshot os personagens são adolescentes. Achei bom avisar já que faz tempo que não escrevo algo assim, o.k? Espero de coração que gostem! Boa leitura, amores. 💖


COLORADO BEND STATE PARK, 06:56 P.M

          Demetria andava apressada entre as pessoas, ela não queria perder o grande espetáculo que era o por do sol! Aquele parque era sem dúvidas o seu favorito e por isso amava as férias de verão, pois sempre viajava com os amigos para lá. As pessoas se acomodavam na grama, mas Demi permanecia de pé procurando pelos amigos.  Demi! Aqui, ó!  Ela avistou Miley enrolada numa manta junto com Selena e logo atrás delas os respectivos namorados, ser vela esse ano era novidade para ela. Demi riu baixinho consigo mesma, caminhou até eles e sentou-se junto com as amigas. 
 Esse lugar é tão lindo!  Selena sorriu. 
 É maravilho.  Ela sorriu distraída. 

 Finalmente achei vocês!  O garoto surgiu na frente de Demi bloqueando sua visão. Ela arqueou uma das sobrancelhas e ergueu os olhos ver de quem se tratava, mas não o conhecia. Era estranho ser sensitiva, pois só de olha-lo não teve uma boa impressão! Não que ele fosse feio, muito pelo contrário, mas havia um ar de convencido nele que era impossível não notar.

 Ei Joseph! Acertou o caminho?
 Vim de onibus, não teve erro.  Ele riu e foi cumprimentar os rapazes, Joe era amigo de Liam e Nicholas. 
 Ônibus? Achei que fosse cair na estrada e trazer sua namorada.  Liam trocou um aperto de mãos com ele. 
 Qual delas mesmo?  Nick brincou e Joe atirou sua mochila nele.  Ei!

 Engraçadinho, estamos falando da Chelsea.  Ele sentou-se em meio aos amigos e suspirou.  Nós terminamos. 
 Sério, cara?
 Sim, sério... ela não quis nem saber de amizade comigo!  Ele riu baixo. 

 O que você aprontou, Jonas?  Miley virou-se para encarra-lo. 
 Eu? Eu não aprontei nada!  Selena riu e também virou-se para encarra-lo com um olhar de desconfiança.  Uau, meus próprios amigos não acreditam em mim. Mais alguma acusação?  Ele cutucou Demi e ela também virou-se para encarra-lo. 
 Não te conheço, então não posso dizer nada.  Ela deu de ombros enquanto ele ria. 

 Sou Joseph, mas pode me chamar de Joe.  O garoto estendeu uma das mãos e Demi segurou-a, ele tinha um aperto de mão forte.  E você é?
 Demetria, mas pode me chamar de Demi.  O polegar dele deslizou pela palma dela num carinho quase que disfarçado, mas ela puxou a mão e virou-se novamente para frente. 

          Depois que o sol se pôs, eles se levantaram e caminharam até o local onde montariam as barracas. Demetria tentava se virar sozinha já que os amigos ajudavam as namoradas e Joe, ela realmente não queria precisar dele! Ela já havia aceitado o fato de ser vela, mas tê-lo ali sozinho era mais estranho do que se ele estivesse com alguém.  Quer ajuda?  Joseph perguntou ao ver o caos que estava aquela barraca!
 Já fiz isso antes, mesmo assim obrigada.
 Não seja teimosa, está na cara que não sabe nem por onde começar.  Ele riu baixo e pegou as peças de metal que estavam bagunçadas no chão. 

 Você é sempre assim?
 Assim como?
 Atrevido?  Ela levantou-se do chão completamente derrotada e cruzou os braços. 
 Sim, na maior parte do tempo.  Ao ver que ela fazia uma careta, Joe completou:  Graças ao meu atrevimento moças como você não ficam sem barracas para dormir.  Ele lhe deu uma piscadinha e ela saiu de perto dele chutando algumas pedrinhas no chão. 

 Ele é terrível!  Demi reclamou para Miley que juntava gravetos e galhos para fazerem uma fogueira mais tarde. 
 Você é a primeira que diz isso em pouco tempo de convivência.  A garota riu e entregou alguns galhos para Demi.  O que está rolando entre vocês?
 Nada! Não tem nada rolando e nem vai rolar.
 Demi, você precisa pegar leve. O.k? Vamos ficar aqui por mais dois dias e acredite, não vai aguentar nem hoje se continuar assim.
 Eu não tive uma boa impressão dele.
 Você não tem uma boa impressão de ninguém!  Selena riu  Eu era super metida, lembra?
 Isso é diferente, Sel.  Demi explicou  Ele acabou de terminar um namoro, mas quando me cumprimentou fez carinho na minha mão. E aquele papo de qual namorada ele ia trazer? Sejam sinceras, que tipo de cara ele é? 

 Isso depende muito, talvez devesse tentar conhece-lo um pouco mais. Ele é legal!  Nick surgiu atrás delas e Demi assustou-se derrubando os galhos no próprio pé. 
 Merda!  Ela exclamou  Que susto, Nick. Quer me matar do coração?
 O que faz aqui? Não deveria se intrometer no assunto das garotas!  Selena deu um tapinha no ombro do namorado. 
 Privacidade é algo que não se tem nem nesse bendito parque.  Miley riu. 

 Quando vocês saem sempre em grupinho é para meter o pau em nós garotos? Olha, eu tenho o direito de me defender!  Nick disse dramaticamente e riu logo depois. 
 Será que podemos voltar ao caso da Demi com o Joseph?
 Já existe um caso? Caramba que rápido!  O garoto arregalou os olhos. 
 O caso é a situação, Nick.  Selena explicou e Miley ficou pensativa algum tempinho. 
 Nick leve os galhos e esses gravetos, você é mais forte.  Demi entregou os galhos que havia derrubado e entregou para ele.  Bico fechado sobre o que ouviu aqui!  Ele riu, assentiu e saiu logo depois. 
 Ele já está distante o suficiente.  Selena disse e voltou-se para as garotas. 

 Joseph é um garoto com uma fama ruim, se isso faz dele um daqueles babacas, não sei te dizer.  Miley falou com sinceridade. 
 Acho que não deve ficar tão paranoica com essas coisas de primeira impressão, nem sempre gostamos de alguém logo de cara.  Selena deu de ombros.  E independentemente da fama dele ou sei lá, você não deve ficar com ele se não quiser ficar. 
 Bem lembrado, Sel.  Miley sorriu.  Eu vi garotos bem mais bonitos que ele por ai! 
 Eu não vim para ficar com ninguém!  Demi corou e correu de volta ao acampamento. 

 NÃO SE FAÇA DE SANTA, DEMETRIA!  Miley gritou e correu atrás dela enquanto Selena ria.

          Quando as garotas chegaram ao acampamento, as barracas estavam devidamente montadas e Joseph ajudava Liam com o fogo.  Vejo que fizeram progresso por aqui.  Miley sentou-se no banco de madeira e Demi foi dar uma olhada na própria barraca. 
 Eu ainda não entendo como ele consegue acender uma fogueira tão rápido.  Nick observou. 
 Fósforos, ué!  Miley disse como se fosse óbvio. 
 Estamos na natureza, Mi. Que graça tem se não for de forma natural? Tudo o que aprendi e sei sobre acender uma fogueira, aprendi nos escoteiros.  Ele sorriu e sentou-se jogando as duas pedras que usou de lado. 

 Obrigada por montar minha barraca.  Demi o agradeceu quando voltou e sentou-se com as amigas. 
 Disponha.  Joe sorriu novamente. 

 Jonas, você não trouxe barraca?  Miley perguntou relembrando que apenas três estavam montadas. 
 Trouxe, mas uma das peças quebrou e sem ela não tem como sustenta-la.  Ele comentou fazendo uma careta. 
 Isso significa que alguém deve dividir, certo?  Demi olhou para os amigos e suspirou, não estava acreditando no que ia fazer. 
 Posso dividir.  Todos os olhares se voltaram para ela!  É o que amigos fazem, não é mesmo? 
 Obrigado.  Joe agradeceu sorrindo. 

TRÊS DIAS DEPOIS

          O primeiro dia foi estranho. No segundo eles já conversavam. E agora, no terceiro e último descobriram que tinham muitas coisas em comum! Gostavam das mesmas séries, ouviam as mesmas músicas e até riam das piadas sem graça um do outro.  Não estou gostando nadinha desse grude.  Miley resmungou, sentou-se na beira e balançou os pés na água que vinham da cachoeira. 
 Ciumes?  Liam perguntou e retirou os óculos de sol para encarra-la. 
 Não é isso e você sabe muito bem.
 Deixa ela, Demi é grandinha e sabe se cuidar.

 Eu disse que ele não era um babaca, mas já estou me arrependendo.  Ela resmungou.
 Eles estão apenas conversando, relaxa! São apenas duas pessoas que estão criando laços de amizade.
 Arram, sei.  Miley levantou-se e adentrou na água para se refrescar. 

 Jura?  Joseph perguntou incrédulo para Demi, eles estavam falando sobre relacionamentos. 
 Estou falando sério, apenas um namorado.  Ela sorriu.  Já você não pode dizer o mesmo ou pode? Ouvi dizerem que tem mais de uma namorada.  Demetria caiu na gargalhada quando ele praticamente empalideceu!
 Isso não é verdade.  Ele riu baixo. 
 O.k, mas e sua namorada? Faz tempo que terminaram ou é algo recente?
 Faz uma semana.

 E não contou nada para nenhum de seus amigos?
 Os dois só falavam dessa viagem e de como queriam aproveitar o último final de semana das férias, então preferi não falar nada antes.
 Ainda gosta dela?
 Não.
 Isso foi rápido demais, Joe.  Demi suspirou.  Não acredito em você. 

 Como é?
 Acho que está mentindo.
 Eu não estou mentindo.
 Não é o que minha intuição diz!  Ela se levantou, retirou a blusa revelando o top do biquíni e jogou a peça nas pedras. 
 Sua intuição está errada, Lovato.
 É mesmo?  Joe assentiu de forma convincente e Demi sorriu.  Prove!  Ela adentrou na água e mergulhou. Ao emergir, ela olhou para o lugar onde estava com ele e não o encontrou! Avistou Liam sentado, Miley na água não muito longe dela e Selena aos amassos com Nick na outra borda. 

 Eu estou aqui.  A voz dele tão perto de seu ouvido lhe causou arrepios e ela virou-se imediatamente para ele.  Estava me procurando?  "Não se deixe enganar pelo rostinho bonito que ele tem" aquela voz vinha de algum lugar dentro dela, mas Demi não conseguia pensar direito. Os cabelos negros estavam colados na testa, o rosto pálido e perfeitamente emoldurado repleto de pequenas gotinhas d' água, os lábios... os lábios dele não ficaram parados para que ela pudesse observa-los, estavam indo de encontro aos seus mais rápido do que ela pode raciocinar! Correspondeu ao beijo, deixou que ele lhe puxasse para perto e permitiu-se toca-lo. Os braços fortes, o pescoço e os cabelos que agora estavam entre seus dedos! Não era exatamente o que ela esperava, mas ainda sim era bom.  Está convencida agora?  Ele perguntou ofegante depois de partir o beijo. 
 Achei que fosse fazer um daqueles discursos, mas isso...  Demi ofegou.  Eu não esperava por isso!  Ela riu um pouco envergonhada, sentia os olhares dos amigos e o abraçou pela cintura numa tentativa de se esconder deles. 

 Eu gosto muito de você e pode parecer loucura, mas é contigo que quero ficar.
 Rápido demais, não acha?  Ela riu baixo. 
 Quero conhece-la melhor.
 Gosto mais assim.  Ela afastou-se um pouco e olhou para Joe, céus com ele podia ser tão bonito? 
 Isso significa que aceita sair comigo?  Demi assentiu e Joe inclinou-se para beija-la novamente. 

TRÊS MESES DEPOIS
CINEMA, 10:45 P.M

          Demetria e Joseph caminhavam para fora do cinema ainda com um grande balde de pipoca pela metade e um copo de refrigerante. Estavam completando três meses de namoro e ir ao cinema foi um pedido de Demi, ela estava ansiosa para assistir Crepúsculo!  Acho que eles se apaixonaram muito rápido.  O comentário dele causou na garota um grande ataque de risos.  O que foi? Você não achou meio clichê? 
 Você por acaso se lembra de como nos conhecemos?  Demi perguntou e terminou de tomar o refrigerante.  Em três dias nos conhecemos, nos beijamos e irritamos nossos amigos!  Joe riu baixo, aquilo era verdade.
 Eles disseram que nossa história era digna de um filme de Hollywood!
 Viu só? Não pode dizer que Edward e Bella são um clichê, não quando o nosso completa três meses.  Ela riu. 

 Mas você não gostou de mim logo de cara, então não somos um clichê perfeito.
 Ah, isso é verdade!  Demi fez uma careta.  Te achava um garoto muito irritante. 
 Isso é bastante revelador.  Joe sorriu e indicou uma mesa na praça de alimentação, eles se sentaram ali para conversar. 

 No primeiro momento vi você como um garoto conquistador.
 E isso é algo ruim?
 Conquistadores não buscam amor, Joseph.  Demi pegou um pouco de pipoca e comeu.  Eles fazem de tudo para agradar até conseguirem o que desejam e depois disso, não se importam com os sentimentos da outra pessoa. 
 Parece entender bastante do assunto.  Ele endireitou-se na cadeira, ela não percebeu, mas Joe ficou um pouco desconfortável com aquele assunto. 

 Eu aprendi bastante com meu primeiro namoro e minha intuição é algo que não costumo ignorar.
 O que sua intuição diz sobre mim depois de três meses?
 Que você está se esforçando para me provar o contrário.  Demi sorriu  Acho que é por isso que gosto tanto de você, sabia? Você se importa comigo e com as coisas que penso, mesmo que talvez elas não sejam tão boas assim. 
 Eu te amo CHOQUE! Foi uma sensação que Demi nunca havia sentido antes e não imaginava que fosse sentir agora, não naquele momento. Ela já havia ouvido aquelas três palavras de muitas pessoas, na maioria das vezes respondia automaticamente, mas não conseguia responder agora! Olhou nos olhos de Joe em busca de algo, qualquer coisa, mas sentiu apenas um aperto no coração. Num impulso segurou as mãos dele, estavam frias e sem qualquer sinal de nervosismo. Era comum alguém dizer algo assim e sentir tanta firmeza? Tanta... confiança? Talvez sim, Joseph não parecia ser o tipo de garoto que tremia na base por uma garota.  Demi? 

 Me desculpe, eu não... você sempre me deixa sem palavras!  Ela corou ao se atrapalhar com as palavras, não tinha como explicar seus sentimentos naquele momento. 
 Tudo bem, pequena.  Ele sorriu e Demi tentou fazer o mesmo da melhor forma.  É melhor irmos, você tem horário para chegar em casa e não quero arrumar confusão com sua mãe.  Ela apenas assentiu e eles se levantaram. 

          Demetria sentiu frio quando eles saíram e Joseph lhe deu sua jaqueta de couro preta para aquece-la. Joseph estava com o carro do pai, então foi uma questão de poucos minutos até ele estacionar o carro do outro lado da rua e destravar as portas para que Demi pudesse sair.  Nos vemos amanhã? Posso ir busca-la na escola.  Ela sorriu e assentiu.  Então estamos combinados.  Joe lhe deu um selinho e Demi retribuiu o sorriso. 
 Obrigada pela noite, Joseph. Foi tudo maravilhoso!
 Eu também agradeço o presente.  Ele apontou para uma caixa bem embrulhada no banco traseiro. 
 Até amanhã.  Ela desceu e acenou após atravessar correndo. 
 Até, baby!  Ele buzinou e arrancou com o carro. 

          Demi suspirou e adentrou sem mais delongas em casa, estava muito frio para ficar ali parada. Assim que trancou a porta de casa, sentiu algo vibrar no bolso da jaqueta e logo colocou sua mão no bolso da mesma. Era o celular de Joe! Ela encarrou o aparelho desbloqueado com certa curiosidade e abriu as mensagens para ver quem era... 

"Eu não tive uma boa impressão dele."

"Joseph é um garoto com uma fama ruim."

"Você não deve ficar com ele se não quiser ficar."

          Ela sentiu-se um pouco desnorteada quando seus pensamentos dispararam de uma vez só na cabeça, mas sentou-se e respirou fundo tentando pensar com clareza!

"Ela não quis nem saber de amizade comigo!"

          Demi suspirou, ignorou os pensamentos e guardou o celular no bolso. Eram apenas mensagens, não é mesmo? Ela gostava de Joe, importava-se com ele, mas queria saber sobre as mensagens.

"Eu te amo."

          As palavras lhe atingiram em cheio outra vez e ela passou uma das mãos entre os cabelos, não podia arriscar tudo por causa de uma mensagem. Ele havia dito que queria a garota de volta em sua vida, mas nada na mensagem dizia que era como sua namorada! Aquilo deveria lhe deixar menos chateada, mas por algum motivo não deixou. Demi balançou a cabeça, levantou-se e ignorou completamente todos os sinais... era apenas mais uma noite estranha!

UM MÊS DEPOIS
WHITE ROCK LAKE, 04:00 P.M

          O tão esperado final de semana havia chegado e quando Demi acordou naquele domingo, ela teve certeza de que seria um dia e tanto! Era um daqueles dias ensolarados e quando recebeu uma mensagem de Joseph dizendo que queria encontra-la no parque, ela aceitou sem pensar duas vezes. O tempo pareceu voar e no horário combinado lá estava ela! Demetria usava os cabelos pretos num coque, o vestido vermelho de alças realçava sua pele branca e a cesta de piquenique em suas mãos era um mimo simples em comparação aos outros que já havia preparado para o namorado.  Oi, amor.  Ela sorriu para Joe, ele estava embaixo de uma arvore e fitava o lago pensativo. Ele pareceu se assustar quando foi chamado, mas forçou um sorriso quando Demi aproximou-se dele. 
 Oi, pequena. Como você está?  O.k, aquela não era uma recepção muito calorosa.  
 Eu estou bem e você? Me desculpe dizer isso, mas você está estranho.  Demi colocou a cesta que pesava em suas mãos no chão, estendeu uma toalha que também havia levado consigo e sentou-se. Joseph demorou alguns segundos, mas sentou-se ao lado dela e suspirou.  Desembucha logo!  Ela cruzou os braços um pouco irritada. Se tinha uma coisa que odiava era quando as pessoas ficavam agindo daquela forma, geralmente tinham algo ruim para dizer e ficavam enrolando para amenizar o impacto, sendo que no final só piorava tudo!
 Também não precisa agir assim.

 Nós sempre fazemos algo juntos no domingo e hoje não pensei que seria diferente, Joe. Você deveria ter me avisado que queria conversar sério comigo!
 Sinceramente não sei se isso faria muita diferença.  Joseph era um garoto incrível, mas agora não estava colaborando muito para que ela não ficasse chateada com ele. 
 Nos conhecemos faz quatro meses, gosto muito de você e acho que deu tempo para que conhecesse o suficiente de mim. Principalmente o fato de que não gosto quando me escondem coisas!

 Isso não vai dar certo, o.k?  Quando ele disse aquilo, Demi o encarrou bem e percebeu que foi como se o garoto tirasse um peso dos ombros. Aquilo doeu!
 Isso?
 Nós.  Joe respondeu de forma simples.  Nós não vamos dar certo.

 Como não?  Ela perguntou em voz alta e quando algumas pessoas que passavam olharam de forma curiosa para eles, Demi ruborizou envergonhada e suspirou.  Nós temos tanto em comum, como pode dizer uma coisa dessas? Ainda mais depois de tudo o que passamos, você me fez acreditar que me amava.  A última frase saiu num sussurro, ela sentia-se desnorteada com as poucas palavras dele, sem contar o desinteresse em explicar os motivos dizer tudo aquilo. Joseph nem olhava para ela direito!
 É exatamente por isso que estou terminando com você.  Demetria franziu o cenho confusa e fez com que ele olhasse para ela.  Você é boa demais para mim, não acho que mereça alguém como eu.  Ele piscou os belos olhos cor de mel e sem conseguir encarra-la desviou sua atenção para o lago novamente. 

 Mentira!  Demi colocou-se de pé e agarrou sua cesta, ela não ficaria ali ouvindo as mentiras dele. Quando o conheceu não teve uma primeira impressão boa dele, mas achou que estava enganada e decidiu arriscar. Joseph tinha algo de puro e selvagem nele, algo que o tornava atraente e irresistível! Ele tinha uma namorada antes deles ficarem e começarem a namorar, Chelsea era o nome dela e agora nada tirava da cabeça de Demi que ele ainda sentia algo pela loira.  Você é um mentiroso, Joseph Jonas! 
 Demi, por favor...
 Não me peça por favor, admita... admita logo que nunca gostou de mim!
 Isso não é verdade.

 Mentira! Você ainda gosta dela, não gosta? Eu li suas mensagens e sei que gosta da Chelsea!  Ele vacilou ao ouvir o nome da ex ou atual, Demi não sabia ao certo e aquilo bastou para faze-la ir embora.  Eu sabia que você não prestava, sempre soube, mas te culpo por me deixar gostar de você! Se não gostava de mim não deveria ter sido tão baixo, eu confiei em você...  O restante da frase morreu em seus lábios.  Não quero vê-lo nunca mais! 

ALGUM TEMPO DEPOIS
RESIDENCIA DA FAMÍLIA LOVATO, 07: 15 P.M

          O relógio marcava sete horas e quinze minutos, ela tinha apenas mais alguns minutos para terminar de se arrumar para um encontro!  Joseph está aqui e quer falar com você.  Dianna disse e saiu do quarto tão rápido quanto havia aparecido. Demi piscou encarrando o próprio reflexo no espelho, ela sentia o coração inquieto no peito e lembrou-se de como aquele namoro terminou de forma desagradável. Ela finalizou sua maquiagem passando um batom rosa choque nos lábios. Aquilo só podia ser piada! 

          Ela havia gostado de Joe, mas já havia superado aquela história. Não havia chorado uma única lágrima por ele! Demi simplesmente refletiu sobre aquele namoro e percebeu que já tinha desperdiçado demais de seu tempo com ele. Afinal, ela era Demetria Lovato e havia uma longa lista de garotos que fariam qualquer coisa para ter uma chance de sair com ela! Tendo consciência disso, ela já havia saído para se divertir inúmeras vezes. Os garotos eram divertidos e nem todos queriam ficar com ela, aquilo não era algo ruim, boas amizades eram sempre bem vindas. 

          Dianna apareceu novamente, ela sabia por altos da história de Joseph com Demi, por isso atendeu o rapaz e permitiu que ele esperasse pela garota na sala.  A senhora não deveria ter atendido ele.  Ela se levantou e calçou as botas na cor preta, estava pronta para ir no show da banda de James. Ele tinha uma banda de rock chamada Counterfeit!
 Você nunca me contou o motivo do termino e achei que talvez sua raiva já tivesse passado, ele sempre me apareceu ser um bom garoto.
 Um bom garoto? Joseph é um mentiroso, ele nunca gostou de mim e por isso terminou comigo! Ele terminou, mas deixei bem claro que não queria vê-lo.  Dianna arregalou os olhos. 

 Eu... eu posso manda-lo embora se quiser.
 Não precisa, quero saber o que ele veio fazer aqui.  Demi passou pela mãe e depositou um beijo em sua bochecha.  Não se preocupe, posso cuidar disso. O.k?
 O.k, filha.  Dianna sorriu para ela e observou-a sair da quarto. 

          Demetria desceu as escadas de madeira degrau por degrau, apenas para chamar atenção e quando chegou lá embaixo, percebeu que havia funcionado. Ele estava de pé, vestia uma camisa xadrez e jeans rasgado... um verdadeiro pedaço de mal caminho! Sorriu, mas não era realmente para ele, sorria satisfeita consigo mesma por não sentir-se balançada por ele.  Demetria.  Ele sorriu. 
 Joseph.  Demi cruzou os braços.  Posso saber o que faz aqui? Achei que tivesse sido bastante clara ao dizer que não queria mais te ver!
 Mas não pude me conter, cometi um erro terrível com você e vim me desculpar.
 Desculpas aceitas! Pode ir agora.
 Eu quero voltar com você.
 Você quer... voltar?  Ela perguntou indignada, era mais por falta de paciência do que outra coisa.  Só pode ser primeiro de abril, não é possível!

 Será que não consegue me ouvir sem ficar irritada?
 Quer uma resposta honesta?  Ele cruzou os braços e assentiu.  Não, não consigo!
 Quantas vezes vou ter que dizer que sinto muito?
 Nenhuma, nenhuma vez mesmo. Eu pareço estar me despedaçando?  Demi levou uma das mãos ao peito dramaticamente.  Você é bonito e sabe disso, realmente sabe e por isso acha que vou me jogar aos seus pés! Sinto lhe dizer, mas não farei isso e se quer saber sou muito mais eu.  Joseph riu e Demi arqueou uma das sobrancelhas. 

 Está dizendo isso apenas para ver até onde vou, sei que sim e por isso ficarei aqui até que se canse das frases feitas.
 Diga "adeus aos sonhos", Joseph.  Demi abriu a porta e apontou para fora.  Saia daqui, não estou brincando e muito menos com paciência para um mentiroso como você. 
 Não pode estar falando sério, você me amava!
 Eu nunca lhe disse isso, mas admito que gostei muito de você.  Demetria apoiou-se na porta ainda esperando que ele saísse. 

 O que mudou?
 Apenas optei por não ter meu coração partido por você.  Ela deu de ombros. Onde estava James uma hora dessas? Ele sempre chegava no horário marcado e já estava cinco minutos atrasado!
 Demi...
 Não diga que sente muito, você não sente... nem perto disso, por favor. Acha que não fiquei sabendo que conseguiu voltar com sua ex logo depois que terminou comigo? Isso não me surpreendeu, mas onde está ela agora?  Ele ficou calado e encarrou o chão.  É esse o problema de garotos como você, acham que podem ter qualquer garota num simples estalar de dedos e não é bem assim. Todas se cansam de serem usadas em algum momento e pela sua cara Chelsea se cansou, mas não sou como ela. Não vou lhe dar uma segunda chance para partir definitivamente meu coração, Joseph!

 Nós realmente tivemos algo especial.
 Talvez, mas isso agora é passado.

 Com licença, atrapalho?  Demetria voltou-se para James e sorriu de forma simpática para ele.
 Não, na verdade Joseph já estava de saída.  Ele bufou e se levantou do sofá caminhando até ela. 
 Por favor, acredite em mim.  Ela sustentou o olhar dele por alguns segundos e sorriu em seguida. 
 Me desculpe, mas não posso.  Demi pegou as chaves de casa, colocou no bolso da jaqueta de couro e acenou para sua mãe que estava no topo da escada.  A verdade é tudo que eu posso ouvir toda vez que você mente Dito isso Joseph saiu sem dizer mais nada e James observou a cena com certa curiosidade. 

 Quem é ele?
 Alguém que tentou me fazer de idiota.  Demi fechou a porta e olhou para o garoto. James era uma combinação perfeita de olhos azuis e cabelos loiros!  Se você for como ele é melhor nem perder tempo.  James riu. 
 Eu não me atreveria, Demi.  Ela o encarrou com uma das sobrancelhas arqueadas por algum tempo, mas o rapaz sustentou seu olhar sem motivos para temer. 
 Ótimo! Então acho que vamos nos entender muito bem.  James segurou uma das mãos dela entrelaçando seus dedos, ela sorriu e eles caminharam juntos até o carro do garoto que estava estacionado ao outro lado da rua. 

 Não tenha duvidas! Prometo que vai se divertir comigo como nunca se divertiu antes, principalmente com aquele garoto.  Ele abriu uma das portas para ela e Demi lhe beijou a bochecha pálida. 
 Acredito em você.  Ela adentrou no carro e James fechou a porta. Ele rapidamente adentrou no veículo, colocou o sinto e o ligou fazendo o motor do veiculo emitir um roncado indicando que era bastante potente e partiu noite adentro pisando fundo no acelerador! 
CONHEÇA OUTROS CONTOS DESSA COLETÂNEA