15/08/2016

Broken Frame: Capítulo 48 • Yes



LOS ANGELES
TRÊS DIAS DEPOIS, 01:00 P.M

          Selena chegou apressada, abriu a porta da casa de Nicholas rapidamente e correu para encontra-lo na sala. Havia recebido uma mensagem dele, ele dizia que não passava bem e que precisava dela! Onde ele estaria? — Nick! — Ela chamou por ele. A preocupação era nítida em sua voz e Selena adentrou no comodo escuro procurando o interruptor de luz. As luzes se acenderam, mas não havia sido ela. Nicholas estava em pé ao lado do interruptor, ele estava vestido com roupas comuns e parecia estar bem? — Eu recebi sua mensagem e vim o mais rápido que pude. — Ela avançou na direção dele. Ele abriu um sorriso largo e encantador! — Você está bem?
— Eu nunca estive melhor em toda minha vida. — Nick tomou uma das mãos dela e plantou um beijo nas costas da mesma.

— Você me sacaneou?! NICHOLAS!
— Desde quando eu não preciso de você?
— Eu estava trabalhando, sabia? O pessoal ficou uma fera comigo!
— Dane-se eles! O que temos aqui é muito mais importante e isso eu posso garantir. — Selena o olhou nos olhos, Nicholas tinha determinação estampada em seus olhos e isso era algo novo! O que ele queria?

— Está tudo bem, estou ouvindo. — Ele indicou um lugar para que a namorada se sentasse e assim ela fez.
— Eu estive pensando durante esses últimos dias e conclui que este é o nosso momento. Estivemos resolvendo tantas coisas e problemas, acabou que não tivemos tempo para falar sobre nós.
— Quer falar sobre nós agora?
— Selena nós namoramos durante anos e moramos juntos também. Você nunca quis algo mais?

— O que mais eu poderia querer?
— Uma família.
— Nós temos uma família, Nick. — Ele sentou-se ao lado de Selena.
— Sim, mas uma família que fosse nossa. — A respiração de Selena tomou um ritmo diferente — Você nunca quis?

— Nicholas nós nunca tivemos esse tipo de conversa antes e agora, o que está querendo perguntando tudo isso? — Ela perguntou com a voz afetada.
— Eu nunca quis isso antes, mas com você tudo mudou.
— Ai meu Deus! — Ela disse baixinho.
— Ei, olhe pra mim. — Nicholas fez um carinho na bochecha dela e sorriu — Eu tinha muitos planos para nós dois, mas aconteceu aquele incidente na Suíça e nós desmoronamos.

— Nick... — Ele interrompeu Selena com seu dedo indicador.
— Tinha planejado...

— Finalmente encontrei você! — O casal se assustou com a entrada não anunciada de Demi.
— O que faz aqui? — Nick franziu o cenho.
— Desculpe chegar assim sem avisar. — Demi cumprimentou os dois — Passei na gravadora, mas me disseram que tinha voltado para casa e resolvi vim aqui. Preciso muito da sua ajuda, Selena!
— Eu receio que não seja uma boa hora. — Nicholas recebeu uma cotovelada de Selena.

— Interrompo algo importante?
— Sim.
— Nicholas!
— Demi você pode até ficar, não me importo, mas deixe-me terminar de falar primeiro. — Selena não sabia o que fazer e muito menos o que dizer. Demi estava tão confusa quanto ela, Nick não era de agir assim.

— Tinha planejado pedir sua mão.
— Oh meu Deus! — Selena exclamou junto com Demi.
— Quando você me procurou e disse que queria voltar pra mim, pensei em fazer isso imediatamente. Mas não queria assusta-la com minhas mudanças, fiquei receoso e esperei até o momento certo. — Demi não conseguia acreditar que estava presenciando aquilo! Seus olhos já estavam cheios de lágrimas.

— O momento certo?
— O momento certo para nós dois, querida. — Demi deu passos cautelosos para trás, ela sorria vendo os dois juntos. — Selena, você aceita casar comigo? — Joseph não acreditaria quando ela contasse. Nicholas revelou um lindo anel que estava em uma caixinha de veludo escura e viu a namorada ficar boquiaberta.
— Sim, eu aceito! — Ela riu e abraçou o noivo. Demetria deu mais dois passos e antes de sair, seus olhos se encontraram com os olhos da amiga. Selena fez um gesto para que ela ficasse, mas Demi recusou educadamente. Ela apenas sorriu e moveu os lábios dizendo silenciosamente: — Estou feliz por vocês! — E saindo logo em seguida.

***

          Demetria dirigiu chorando e rindo de felicidade por Selena. Quis ligar para Joseph e contar tudo aquilo, mas se fizesse isso ele descobriria que ela estava mentindo. Se bem que ele também estava mentindo, então estavam quites! Demi estacionou o carro e assim que desceu avistou uma das Irmãs. — Bom dia.
— Bom dia. — Ela sorriu — Eu me chamo Demetria e marquei uma visita no horário das onze.
— Sra. Carpenter, claro! — A senhora retribuiu o sorriso — Eu sou a Irmã Margo.
— É um prazer conhece-la.
— O prazer é todo meu. Vamos entrando, por favor. — Ela indicou caminho e Demi seguiu juntamente com ela.

          O lugar era grande e bem acolhedor. Assim que entrou algumas crianças passaram correndo distraidamente, enquanto outras olhavam para ela com admiração. Demi sorriu, acenou brevemente e continuou seguindo a senhora que continuava falando sobre o lugar. — Temos um grande quintal nos fundos também e acredito que Samanta esteja lá. Podemos fazer um tour completo depois, se quiser.
— Eu vou adorar. — Ela sorriu novamente.
— Como pensei, ali está ela! — Margo apontou para Samanta. A garotinha estava sentada debaixo de uma arvore, ela estava lendo e parecia aproveitar bastante a grande sombra da arvore.

— Algo que eu deva saber?
— Não que eu me lembre. — A senhora ficou pensativa por alguns segundos — São tantas crianças e sou uma senhora de idade, não consigo me lembrar de tantos detalhes. — Ela riu.
— Não tem problema. — Demi olhou para ela — Obrigada novamente por conseguir um horário pra mim.
— É muito cedo para agradecimentos, querida. Vá em frente! — Ela incentivou sorrindo e Demi caminhou pelo quintal até chegar perto o suficiente da garota.

          Samanta estava tão interessada no livro que não notou proximidade alguma, os cabelos ruivos cobriam parte de seu rosto e ela balançava os pés conforme batia vento. — Oi. — Ela sobressaltou, esvoaçando os cabelos e olhou para Demi. — Lembra-se de mim?
— Sim, você é a mulher do Joseph. — A garotinha fechou o livro — O que faz aqui? — Perguntou educadamente.
— Eu vim conhecer você. — Demetria sorriu — Posso me sentar? — Ela apenas assentiu e assim Demi fez.

— É algum projeto social?
— Na verdade é algo pessoal mesmo. — Samanta olhou para ela. Os olhos claros eram realmente lindos e Demi analisou cada detalhe daquele rostinho angelical!
— Entendo.

— Como vocês se conheceram? Você e Joseph.
— Eu participo de um projeto para crianças especiais num hospital aqui perto e foi lá que o vi pela primeira vez. Fiquei tão feliz! — Ela riu — Sou uma grande fã, apesar das irmãs não gostarem muito de ídolos e essas coisas. — Samanta deu de ombros — Tive curiosidade de falar com ele e ninguém nunca conseguiu isso antes, sabe? — Ela era como Samuel, falava como gente grande. Céus, estava encantada! — Cantei com ele uma das minhas músicas favoritas e quando ele foi embora, chorei de emoção.
— Joseph gostou muito de você, sabia?
— Ele me levou numa premiação e vi tanta gente legal lá! — Samanta sorriu com a lembrança — Acho que é o sonho de qualquer fã.

— O que achou dele?
— Ele é gentil, simpático e atencioso. — Demi sorriu — Foi além do tudo o que eu tinha imaginado!
— Você considera Joseph um amigo?
— Sim, ele fez muito por mim.
— E você fez algo muito importante por ele, Samanta. Tem consciência disso?
— Eu não sei. — A garotinha deu de ombros — Joe mostrou ao mundo quem ele é de verdade, mas as pessoas são complicadas. Elas querem que tudo seja perfeito, sabe? Acho que nada pode ser perfeito, nada mesmo. — Ela fez uma pausa — Não acho justo.

— Fala sobre você também? — A garotinha assentiu.
— Eu conheço pessoas diferentes todos os dias e isso é cansativo. Tenho impressão de que vai ser assim para sempre!
— Isso é sobre ter uma família? — Samanta apenas assentiu cabisbaixa. Demi segurou uma das mãos dela e isso fez com que a garotinha virasse para encara-la.
— Não deve pensar assim, o.k? Você é incrível e encantadora! Agora, eu entendo o motivo de Joseph gostar tanto de você... realmente entendo.

          Demi passou cerca duas horas no orfanato, conversando e rindo com Samanta. Ela também conheceu melhor o lugar e as crianças que ali moravam. Ficou perdida, não sabia como retribuir tanto carinho e foi impossível não se emocionar! — Agradeço pela tarde incrível, Irmã Margo. — Demi agradeceu a senhora e olhou para Samanta. — Nos veremos em breve, o.k? Eu prometo. — Despediu-se da pequena com um breve abraço.
— Obrigada. — Samanta apenas agradeceu e sorriu.
— Irei mostrar seu recado para Samuel. — Ela piscou — Até mais. — Despediu-se e saiu.
— Vá com Deus, querida. — A senhora acenou juntamente com Samanta e Demi acenou de volta.

***

          O caminho de volta para casa foi tranquilo, Demetria não conseguia parar de pensar em como havia sido agradável estar com Samanta. Precisava falar com Joseph sobre isso, ele teria que abrir o jogo com ela! Parou o carro em frente ao portão de sua casa, apertou o controle diversas vezes, mas nenhum sinal. Revirou os olhos e apertou o interfone três vezes. — Joseph sou eu, libera minha entrada.
— Mamãe? Finalmente você chegou! — Samuel parecia desesperado? Oh não, o que havia acontecido dessa vez? Mataria Joe se ele tivesse colocado fogo em sua cozinha! — Adentrou com pressa, estacionou o carro de qualquer jeito e desceu.

          Samuel estava parado na porta da sala, ele estava pálido e assustado. Demi arregalou os olhos ao ver sangue na roupa do filho e rapidamente foi até ele! — Sam, o que aconteceu?
— O papai caiu no banheiro. — Ele apontou para cima.
— Oh meu Deus! Onde está Sabrina? — Demi tomou o filho nos braços e subiu rapidamente com ele até o andar de cima.
— Ela saiu com Bradley.

— Joseph! — Ela abriu a porta do quarto e suspirou aliviada. Danielle estava cuidando do nariz de Joe e Kevin estava auxiliando segurando uma caixinha em mãos. — O que aconteceu? Você está bem? Quer me matar de susto?! Eu saio por algumas horas e você consegue fazer isso?!
— Mamãe, acalme-se. — Samuel encostou a cabeça no ombro dela e respirou fundo.

— Fique calma, Demi. — Kevin deixou a caixinha de lado e aproximou-se dela — Não foi nada demais, acredito que você irá rir quando souber o motivo da queda.
— Rir? — Ela arqueou uma das sobrancelhas — Olha só pra ele! Samuel estava aqui sozinho e deve ter ficado desesperado.
— Ele foi muito corajoso e fez bem em ter ligado para nós. — Kevin pegou Samuel no colo com muita relutância de Demi — Não é mesmo, campeão? — O garotinho apenas assentiu.

— Afinal, qual foi o motivo da queda?
— Nicholas ligou para ele e disse: Eu vou me casar!
— Santo Deus, Joseph! — Demi aproximou-se do marido assim que Dani lhe cedeu espaço e olhou para ele. — Você teve algum tipo de reação histérica?
— E você não? — Joe arqueou uma das sobrancelhas para ela. Será que nem com o nariz imobilizado, ele deixava de ser atrevido? — Nick me disse que esteve lá, mas que não ficou. Ele disse: Vou me casar! Demi já lhe contou? Onde você estava?
— Resolvendo uns assuntos. — Ela tocou o rosto dele com delicadeza — Eu sinto muito por ficar tão nervosa, você não teve culpa alguma disso. Deveria ter pedido que para trocarem o piso do banheiro e colocar um menos escorregadio. Você está bem?
— Estou bem melhor agora.

— Ele vai ficar bem? — Demi perguntou virando-se para Danielle.
— Vai sim, ele só machucou um pouco o nariz. Deixei alguns curativos prontos e é só trocar depois. Não tem com o que se preocupar, Demi. — Ela sorriu.
— Obrigada.
— Sam está com roupas limpas. — Kevin adentro no quarto com o sobrinho — Ele ainda está um pouco assustado, mas vai ficar bem.
— Valeu, Kevin. — Joe fez um sinal positivo com uma das mãos.

— Sendo assim nós vamos indo, o.k? Vou passar na casa dos pombinhos e saber mais detalhes sobre a festa. Parece que vão comemorar em grande estilo! — Ele riu — Ligo para informar vocês. — Ambos assentiram.
— Caso o inchaço não diminuir, você vai precisar ir ao médico. O.k? Sem mais estripulias por hoje, Joseph. — Ele riu baixinho e apenas concordou. Eles se despediram e em seguida, foram embora.

          Sam aconchegou-se no colo de Demi novamente e acabou pegando no sono rapidamente. Joseph levantou-se da cama, tomou alguns comprimidos e se desfez do roupão que vestia. Demetria o observou atentamente enquanto ele se vestia e suspirou em seguida: — O que quer me perguntar?
— Onde você foi? — Ele vestiu uma camiseta antiga de banda e uma bermuda — Samuel ligou no celular e não deu área de cobertura.

— O que está supondo?
— Eu não estou supondo nada. — O tom de voz dele era ponderado. O que Demi tanto escondia? — Foi apenas uma pergunta, você pediu por ela e eu fiz.
— Quer mesmo saber? — Demi afagou os cabelos do pequeno e sorriu.
— Quero.

— Sente-se aqui comigo. — Joe suspirou e sentou-se ao lado dela.
— Eu estive no orfanato. — Ele olhou para ela surpreso! — No dia em que aquela senhora ligou, pedi que ela marcasse uma visita pra mim e fui até lá conhecer Samanta.
— E não me disse nada?
— E eu deveria ter deveria ter dito? Depois daquele telefonema, você ficou estranho e mentiu pra mim dizendo que não era nada. Não pense que eu não fiquei brava! Você poderia ter falado sobre ela pra mim, Joseph. Qual é seu real interesse nela?
— Eu não sei.

— O que disse?
— Eu não sei se quero adota-la, Demi! Era isso o que você queria ouvir?
— Não era bem o que eu esperava, mas não precisa ficar nervoso. — Ela segurou uma das mãos dele — Achei que estava com medo de me dizer o que queria.
— Eu só queria ter certeza antes de dizer algo, mas parece que não adiantou muito.

— Droga! É tudo culpa minha.
— Não, não é culpa sua. Eu deveria ter dito desde o inicio e talvez, não estaria me sentindo tão mal.
— Afinal, você está com medo?
— Eu não sei se seria um bom pai pra ela.
— Joseph ela adora você, não diga besteiras.

— Olha só pra mim, Demi! Você acha mesmo que ela vai se adaptar ao nosso modo de viver? Tantas pessoas ao nosso redor, escândalos e polemicas!
— É tarde demais para isso, Joseph. Você levou ela ao VMA's, todos viram aquela garotinha... ela já está envolvida e isso não pode ser desfeito! Não estou dizendo que é obrigação sua adota-la, mas se você quiser... pode fazer isso.
— Está dizendo que concorda com isso?
— Ela é adorável, Joseph. — Demi sorriu — Conversou comigo, mostrou o orfanato e também me apresentou aos outros. Eu me diverti bastante!

— Isso é sério?
— Se você estivesse lidando com a Demi de antes, ela provavelmente diria: Você só pode estar ficando louco, Joseph! — Eles riram juntos — Mas meu coração está aberto e se você quiser podemos adota-la. — Os olhos dele brilharam por causa das lágrimas — Não precisa tomar nenhuma decisão agora, o.k? Só não deixe aquela insegurança boba te impedir de fazer aquilo que você quer!
— Obrigado. — Joe beijou-lhe a testa e Demetria sorriu.

— Não me agradeça, apenas prometa que não vai esconder nada de mim. — Ele assentiu.
— Eu prometo não esconder mais nada de você. — Demi ergueu a cabeça e com uma das mãos trouxe Joseph para mais perto, para assim beija-lo.
— Estou orgulhosa de você por ter feito tanto por uma criança como ela. — Ela sorriu novamente. Sua testa estava encostada na dele, eles ainda tinham os olhos fechados. — Você é um bom homem e fico feliz por não ter que esperar mais por isso.

  --

perdoem o tamanho e não desistam de mim!
boa noite meninas, tudo bem com vocês? como é bom estar aqui, sinto-me renovada e um pouco mais feliz. não tenho muito o que falar sobre o capítulo, apenas que tentei o meu melhor e espero de coração que vocês tenham gostado <3 
como prometido, respostas aqui & aqui
tentarei não demorar, rezem pra vida colaborar comigo sdjsdjsdj
até o próximo capítulo, beijos.

 

27 anos desse serumaninho precioso que tanto amo!


32 comentários:

  1. QQ eu faço com VC. Vou aí te matar. O forninho despencou. Foi um tiro de bazuca. Jessi pelo amor de Deus. Que capítulo maravilhoso. Estou orgulhosa de vc !
    Poste assim q der .




    Espero q vá o comentário !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me abrace, mulher! hahaha
      fico feliz que tenha gostado do capítulo <3
      o comentário foi, então já pode comemorar ai sdjsdj

      Excluir
  2. mano eu sou muito burra velho, só agora que eu fui perceber que o nome da garotinha é Samanta e samanta e Samuel combinam... e eles vão adotá-la saquei seu esquema haha...
    nossa sou muito burra, velho.
    tô me sentindo como se tivesse descoberto um novo mundo!
    sobre o pedido de casamento do Nick não tenho palavras.
    Já quero um baby nelena, a demi atrapalhando o momento parece eu só chego em horario inconveniente
    eles vão adotar a Samanta que amor <3
    o que falar dessa garotinha que eu mal conheço mas ja amo pakas?
    quando o Joe caiu achei que algo sério tivesse acontecido com ele, menina não faz isso
    eu sou cardíaca mulher!
    eu tô apaixonada por esses momentos fofos do otp
    são tão amores que não tenho nem palavras
    se Joseph Jonas existe graças a deus porque existe? Porque Deus desenhou esse homem maravilhoso
    27 anos de pura sedução!
    posta o próximo logo, mocinha.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quando eu escolhi o nome da garotinha fiquei pensando e depois de muito tempo vi que combinavam tbm sdjsdj ai tipo sam e sam, ai precisei escolher um apelido para diferencia-la e tudo mais.
      fiquei desesperada pra escrever esse pedido e quando saiu, não acreditei! a demi aparecendo foi minha ideia desesperadora para encaixar a visita dela no orfanato... acho que deu certo, né?
      tadinho dele, passa a fic toda sofrendo e na reta final quase se quebra todo no chão... juro que não sou do mal! sdjsdj
      estou sem palavras com ele nessa fanfic, meu amor por ele só aumenta <3
      postarei mais assim que puder, bjs***

      Excluir
  3. JESSIE MEU CORAÇÃO NÃO AGUENTA TANTA FOFURA E AMOR NÃO QUERIDA. .. isso é bom mais você me fez chorar tenho certeza que eles vão adotar a Sammy a queda do Joe foi muito engraçada e o pedido de casamento foi incrível você é ótima escritora ... Bjs Amei o capítulo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu já não aguento e é por isso que coloco tudo aqui, sabe? hahaha
      sobre isso ainda não posso dizer nada, mas está chegando algo muito importante por aqui! <3
      obrigada, anjo. fico feliz que tenha gostado do capítulo, viw?
      bjs***

      Excluir
  4. OMG
    Teve pedido de casamento de nemi sim! E se reclamar vai ter renovação de votos jemi kk
    Eles vão adorar a Samantha scrr (apesar de eu querer que eles façam outro baby) eu tbm to feliz com a adoção.
    E essa queda do Joe eu não sei se eu riu ou sinto pena kkk
    Posta logooo


    Ps: Você pode divulgar o blog da minha amiga pra mim? Ela escrevia jemi mas agora escreve fics originais :)
    isaboutstories.blogspot.com.br
    Vlw.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pensa numa pessoa desesperada para escrever isso? eu! sdjsdj
      fico feliz que tenha gostado. não pensei em uma renovação de votos, acho que vou pensar nisso... ver se consigo fazer algo, ai senhor... me salva!
      eu senti dó depois que escrevi, passou a fanfic toda sofrendo... juro que não sou tão cruel assim, hein.
      postarei assim que puder...
      divulgo sim, vou dar uma passadinha lá tbm <3

      Excluir
  5. Demais demais demais, senhor Demi com a Samy foi uma delícia de ver. Tô louca pra ver eles tentando adotar ela logo. Curiosidade, qual foi o recado da Samy pro Sam? Kkkkkkkk
    Até o próximo, bj bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô querendo saber o recado também, haushaushasu

      Excluir
    2. Curiosidade.com queremos todos saber do recado

      Excluir
    3. Conta conta conta

      Excluir
    4. será que isso acontece? não vou mentir, adoro um suspense! sdjsdj
      acho que já postei o capítulo que revela isso...
      enfim, muita fofura! <3
      postarei assim que puder, bjs***

      Excluir
  6. Não falei, fiquei tão feliz que levei meu pai pra comer fora de novo, kkkkkk
    Parabéns pelo capítulo, pela fic, pelo sol lindo que está fazendo. Parabéns por tudo. Sou muito chata ora gostar de histórias e escritas mas você me conquistou e continua conquistando, amo demais essa história. Me emociono, Rio junto, shippo mesmo e tudo mais.
    Um beijo e até o próximo s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me leva também, moça! sdjsdj
      agora eu que estou feliz, como lido com isso? obrigada <3
      fico feliz que esteja gostando das minhas fanfics, elas são uma grande parte de mim e compartilha-las aqui é algo incrível!
      até o próximo, bjs ***

      Excluir
  7. Aaaaah Jelena, já estava na hora né, queremos casamento e babys por aí.
    E oq Demi e Sam, amei demais. Tô louca pra eles começarem o processo de adoção. Cada vez mais fico encantada com a fic, parabéns
    Beeijos Mila :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jelena?

      Excluir
    2. Nelena, corretor maldito, esta possuído. Kkkkkkkkkkk

      Excluir
    3. com certeza, mais do que na hora! <3
      esses momentos deles, pura fofura. né? sdjsdj
      fico feliz que esteja gostando. obrigada ^^
      bjs

      Excluir
  8. Eu, não para, não para, não para nao. Você não postando é o mundo se acabando bebê, escreve aquece o coração. Hahaha saiu péssima mas teve o efeito.
    Tá maravilhoso, já queremos bebês, adoção, casamento, turnê e tudo mais
    Volte pra nós Jessie, não nos abandone

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. teve efeito sim, senti aqui! foi realmente lindo, obrigada <3
      fico feliz que esteja gostando, viw?
      não abandonarei nunca, prometo.
      bjs ***

      Excluir
  9. Maaaaaaaaais *-*

    ResponderExcluir
  10. Maaaaaaaaais *-*

    ResponderExcluir
  11. Jessie, cadê você sua linda, não suma não. Não queremos ter que ir puxar seu pe.
    Capítulo perfeito, amei que deve Nelena, clones certíssimos ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu aqui, óh! o/
      fique longe do meu pé haha
      fico feliz que tenha gostado <3

      Excluir
  12. Postaaaaaaa ������

    ResponderExcluir
  13. ❤❤❤❤❤❤

    ResponderExcluir